REDE DE CONSELHOS DE MEDICINA

 

Selecione o conselho que deseja acessar

História

A criação do Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina foi conseqüência da Resolução CFM No. 1, de 17 de dezembro de 1957 publicada no D.O.U. de 30.12.57, que incumbiu aos Sindicatos Médicos e, na falta desses, às Associações Médicas federadas à Associação Médica Brasileira, sediadas nas capitais dos Estados e Territórios onde ainda não existissem Conselhos de Medicina, de os organizarem, situação vivida nesse Estado ante a inexistência, então, de sindicato médico.

Nesse sentido, o Conselho Federal de Medicina, atendendo ao disposto no Art. 3º da Lei No. 3.268, expediu a Resolução Nº 14/58, de 10.03.1958 publicada no D.O.U. de 17.03.58, que designou a diretoria provisória para o Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina no periodo de 02/04/1958 à 23/04/1959, a qual ficou assim constituída:

Presidente: Dr. Arthur Pereira e Oliveira Vice-presidente: Dr. Miguel Salles Cavalcanti 1º. Secretário: Dr. Danilo Freire Duarte 2º. Secretário: Dr. Walmor Zomer Garcia Tesoureiro: Dr. Antonio Modesto Primo 1º Diretoria - 24/04/1959 à 15/09/1963 Presidente: Dr. Joaquim Madeira Neves Vice-presidente: Dr. Polydoro E. De São Tiago 1º. Secretário: Dr. Jorge Anastácio Kotzias 2º. Secretário: Dr. Mário Wendhausen Tesoureiro: Dr. Wilson P. Mendonça.

A primeira sede foi à Rua João Pinto, sala ao lado do consultório do Dr. Antônio Moniz de Aragão que teve seu mandato de 21/01/1973 a 16/02/1977, onde, no mesmo prédio Dr. Arthur Pereira, e Oliveira tinha seu consultório (10/03/1958 a 08/04/1959).

Após, em dezembro de 1965, transferiu-se para o prédio da ACM, quando o Presidente era o Dr. Joaquim Madeira Neves, que teve seu mandato de 09/04/1959 a 05/06/1966 em uma sala cedida pela ACM, em troca do uso do telefone que pertencia ao Conselho.

Nos mandatos de Dr. Waldomiro Dantas (19/06/1970 a 20/10/1973) e Dr. Ayrton Roberto de Oliveira (07/06/1980 a 03/02/1982), foi adquirida a sede do CREMESC à Rua Jerônimo Coelho. Durante o mandato do Dr. Maurílio Lopes da Silva, no período de 27/01/1987 a 27/07/1988 (falecido antes da conclusão do mesmo), começou a movimentação pela aquisição da atual sede no 2º andar da Avenida Rio Branco, e foi concretizado em janeiro de 1989, durante o mandato do Dr. Léo Meyer Coutinho (01/10/1988 a 31/01/1992), como Presidente, e o Dr. Nelson Grisard, como Vice-Presidente.

Na Gestão do Dr. Nelson Grisard (01/02/1992 a 31/05/1995), houve tentativas para aquisição do terreno defronte à ACM, votado em plenário e não concretizada.

Em 22 de fevereiro de 2001, foi locado o 6º andar do Prédio na Avenida Rio Branco, na gestão do Dr. Edevard José de Araújo (01/10/1988 a 31/01/2002).

Na década de 2000, o corpo de conselheiros do CRM aprovou em plenário a aquisição de uma sede que comportasse o trabalho do órgão pelos próximos vinte anos. 

Sob a presidência de Edevard José de Araújo, se iniciou a procura de um local adequado para a nova construção.

Em 28 de setembro de 2000, em sessão plenária, houve a apresentação final da pesquisa dos locais e de imóveis para a instalação da nova sede. A Associação Catarinense de Medicina havia oferecido a venda uma parte de seu terreno para o CRM e esta foi a solução acatada pelo corpo de conselheiros.

A área que a ACM oferecia, cuja metragem comportava 3.101,40 metros quadrados foi avaliada em R$ 477.000,00 (quatrocentos e setenta e sete mil reais), apresentada como oferta final, aprovada a compra em sessão plenária e formalizada em 7 de março de 2002, já sob a presidência de Newton José Martins Mota.

A partir da aquisição realizada, a próxima etapa seria a confecção do projeto arquitectónico. Foi lançado o processo licitatório para que empresas de arquitetura apresentassem suas propostas. Inicialmente poucas se apresentaram o que levou à realizar carta convite a diversas delas, e a empresa Liz Arquitetos Associados SC LTDA foi a vencedora para elaboração do Projeto Arquitetônico, cujo valor foi de R$ 32.000,00 (trinta e dois mil reais). O projeto aprovado é entregue em junho de 2006, sob a presidência de Marta Rinaldi Muller.

Em 24 de março de 2006, o presidente Wilmar de Athayde Gerent, faz o lançamento pedra fundamental da obra. 

Na continuidade do processo de construção, em 21 de fevereiro de 2007, o presidente Anastácio Kotzias Neto, lança o edital para os projetos complementares (estrutural, elétrico, hidro sanitário, etc.). Participaram 6 empresas e foi declarada vencedora a empresa Hidrosane Engenharia no valor de R$ 54.000 ,00 (cinquenta e quatro mil reais).

Em 1 de abril de 2008, ainda sob a presidência de Anastácio Kotzias Neto, foi publicado o primeiro edital de concorrência pública nº 30/2008 para contratação de empresa para a construção da sede. Participaram duas empresas, somente uma classificada que na abertura do envelope da proposta apresentou valor de R$ 4.955.652,17 (quatro milhões novecentos e cinquenta e cinco mil seiscentos e cinqüenta e dois reais e dezessete centavos), valor superior ao constante no edital de R$ 3.793.115,25 (três milhões setecentos e noventa e três mil cento e quinze reais e vinte e cinco centavos). Após comunicação ao pleno foi encerrado o processo e aprovada abertura de nova licitação após a atualização dos custos. Nesta etapa foram gastos R$ 8.466,00 (oito mil quatrocentos e sessenta e seis reais) com publicações.

Em 19 de agosto de 2008 é lançado novo edital. Neste certame participaram 4 empresas e todas foram desclassificadas por não cumprirem o edital quanto a documentação. Gastos R$ 19.400,80 (dezenove mil quatrocentos reais e oitenta centavos) com publicação de extratos, estudos e projetos e consultoria em engenharia.

Em 19 de março de 2010 na gestão de José Francisco Bernardes é publicado edital de novo processo de concorrência pública para a construção da sede do CREMESC. Foram gastos com publicações e atualização de orçamentos R$ 13.622,12 (treze mil seiscentos e vinte e dois reais e doze centavos). No processo nº 1/2010 participaram seis empresas e foram habilitadas duas. Abertos os envelopes dos preços foi declarada vencedora e empresa que apresentou menor preço que após os prazos encaminhou documento desistindo da execução da obra. A segunda habilitada majorou os preços de mercado em 7,53% e mão de obra em 65,23% que não foi aceito pelo CREMESC.

Em 09 de setembro de 2012, novo edital de concorrência pública é aberto em fevereiro de 2011 com abertura das propostas no dia 26 de outubro de 2012. Declarada vencedora do certame a empresa Progredior. O contrato para a efetivação da construção ocorreu em 21 de dezembro de 2011, sob a presidência de Ricardo Polli e em 2 de maio de 2012, foi assinada a ordem de serviço para o início das obras.

Na gestão de Vicente Pacheco Oliveira os projetos foram atualizados e instalada a Comissão de obras constituída pelos conselheiros Anastácio Kotzias Neto, Armando D’Acampora e Nelson Grisard que acompanham os trabalhos desde o seu início sob rigoroso controle físico-financeiro.

Em 18 de Julho de 2014, o sonho dos Médicos Catarinenses se concretizou e a nova sede do CRM-SC foi inaugurada. 

 

 


SEDE
Rodovia José Carlos Daux, nº 3890
SC-401, Km 04
Florianópolis, SC, Brasil - CEP 88032-005

Fone: (48) 3952-5000



Atendimento Externo: 9 às 17 horas / e-mail: protocolo@cremesc.org.br



logotipo

Copyright @ 2010 Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina - Todos os direitos reservados.